Ver Angola

Política

PR reuniu-se com Governo Provincial do Cuanza Norte para conhecer estado geral da província

O Presidente da República reuniu-se, nesta Terça-feira, com o Governo Provincial do Cuanza Norte para tomar conhecimento sobre o estado geral daquela província. Problemas que têm dificultado o desenvolvimento do Cuanza Norte e os progressos registados em vários projectos enquadrados no Plano Integrado de Intervenção dos Municípios (PIIM) estiveram no centro da reunião.

:

Entre as várias dificuldades apresentadas, destaca-se o sector da habitação. O governador da província, Adriano Mendes de Carvalho informou o chefe de Estado de que a maior parte das famílias do Cuanza Norte vivem em situações precárias.

Citado pelo Jornal de Angola, Adriano Mendes de Carvalho avançou que a suspensão das obras da Centralidade de Ndalatando – onde inicialmente iam ser construídos mais de 200 apartamentos –, há mais de dois anos, tem gerado inquietação entre a população.

Contudo, afirmou que para tentar solucionar os problemas de habitação, o governo do Cuanza Norte iniciou um projecto para a auto-construção dirigida no Quilómetro 11, que compreenderá cerca de 3000 lotes.

Este projecto, de acordo com o Jornal de Angola, vai ser visitado esta Quarta-feira por João Lourenço.

Segundo o mesmo jornal, recentemente, o chefe de Estado deu luz verde à construção, naquele local, de mais 500 habitações sociais, sendo que as obras deverão começar brevemente.

Destaque ainda para o sector da educação: o governador provincial indicou que a província tem 417 escolas públicas e três privadas, num total de 967 salas de aula.

O responsável indicou que para este ano lectivo, 188.506 alunos estão matriculados, tendo sido contratados mais de 4400 professores. Contudo, 33.603 crianças ainda estão fora do sistema de ensino.

Indicou que, visando colmatar os números de abandono escolar, estão a ser construídas 30 novas escolas, enquadrado no PIIM. Estas novas escolas vão permitir acolher cerca de 27.720 alunos.

Quanto ao ensino superior, o Cuanza Norte tem duas escolas: a Escola Superior Pedagógica do Cuanza Norte e o Instituto Superior Politécnico de Ndalatando.

Recorde-se que o Presidente iniciou esta Terça-feira uma visita de trabalho de dois dias àquela província.

Relacionado