Ver Angola

Política

João Lourenço felicita Carlos Vila Nova e elogia povo são-tomense

O Presidente da República, João Lourenço, felicitou Carlos Vila Nova, que venceu no Domingo as eleições presidenciais em São Tomé e Príncipe, e elogiou a “grande maturidade política e democrática do povo são-tomense”.

:

Através de uma nota da Casa Civil do Presidente da República de Angola, João Lourenço refere que "a forma como decorreu todo o processo", que culminou com a eleição de Carlos Vila Nova, "é a confirmação da grande maturidade política e democrática do povo são-tomense".

Para João Lourenço, ao eleger Carlos Vila Nova, o povo são-tomense depositou "um voto de confiança e de esperança num futuro de prosperidade, de progresso e de desenvolvimento" para São Tomé e Príncipe.

O Presidente manifestou o desejo de os dois países continuarem "a trabalhar de forma unida, mantendo o diálogo construtivo que vem sendo estabelecido entre as duas nações, com a esperança de que as históricas relações de amizade e de cooperação existentes entre Angola e São Tomé e Príncipe se estreitem continuamente, em benefício do bem-estar e da prosperidade dos respectivos povos e países".

Carlos Vila Nova foi eleito Presidente de São Tomé e Príncipe na segunda volta, realizada no Domingo, com 45.481 votos, 57,54 por cento, vencendo Guilherme Posser da Costa, que obteve 33.557 votos, 42,46 por cento, de acordo com resultados provisórios divulgados Segunda-feira pela Comissão Eleitoral Nacional (CEN).

A abstenção foi de 34,68 por cento, superior à da primeira volta, realizada a 18 de Julho, que se situou nos 31,6 por cento.

Do total de 123.301 eleitores recenseados no país e na diáspora, votaram 80.535. Destes votos, 79.038 foram considerados válidos e houve 344 votos brancos e 1153 nulos.

Carlos Vila Nova, antigo ministro de governos liderados por Patrice Trovoada, foi apoiado pelo partido Acção Democrática Independente (ADI, oposição).