Ver Angola

Saúde

Covid-19: Maianga lidera lista dos municípios mais afectados do país

O distrito urbano da Maianga, em Luanda, é o mais afectado pela covid-19. De acordo com o mais recente balanço das autoridades, Maianga registou, até ao momento, 408 infectados e 26 óbitos, representando 18 por cento dos casos no país.

:

"O distrito urbano da Maianga, no município de Luanda, lidera o quadro estatístico nacional com um total de 408 infectados e 26 óbitos, representando 18 por cento", pode ler-se num comunicado publicado no site oficial do Governo.

Os dados revelam ainda que o município de Belas, também na capital, lidera a tabela das recuperações, tendo até à data somado um total de 128 doentes recuperados.

Mais de 65 por cento "do total de infectados no país está na faixa etária dos 20 a 49 anos, representado mais da metade dos infectados. Os pacientes internados representam 29 por cento e as suas idades situam-se entre 30 e 39 anos de idade", indica a nota.

Além disso, de acordo com o mais recente relatório das autoridades sanitárias, 62 por cento dos infectados são homens e 38 por cento são mulheres. "Entre os casos do sexo feminino, há maior número de crianças entre os zero e nove anos", revelam as autoridades.

Quanto ao número de mortes, das 155 registadas até ao momento, 113 ocorreram em doentes com mais de 50 anos.

O comunicado revela ainda que foram realizados 270 testes a camionistas esta Terça-feira na Escola Nacional de Saúde Pública, dos quais nenhum foi reactivo. "Já no grupo dos 75 viajantes provenientes do exterior do país, que estavam em quarentena domiciliar, houve um reactivo a IGG".

O país registou nas últimas 24 horas mais 119 infecções, das quais nove casos são de Cabinda, dois da Huíla, um de Benguela e 107 em Luanda distribuídos pelas localidades de Belas, Ingombota, Talatona, Viana, Kilamba Kiaxi, Maianga, Cazenga e Cacuaco.

Angola regista um total de 4236 casos positivos, 155 mortes, 1462 recuperados e 2619 activos, dos quais nove se encontram em estado crítico.

O documento revela ainda que nas últimas 24 horas o Centro Integrado de Segurança Pública (CISP) recebeu 135 chamadas, sendo uma denúncia de caso suspeito e 134 pedidos de informação relacionada à com a covid-19.

Relacionado