Ver Angola

Saúde

Sociedade Mineira de Catoca sob cerca sanitária. Mais de 1600 trabalhadores testados à covid-19

Foi montada uma cerca sanitária na Sociedade Mineira de Catoca, em Saurimo, na Lunda Sul, por suspeita de existirem três casos de covid-19 naquela empresa do sector diamantífero.

:

Segundo a informação divulgada esta Segunda-feira por Viegas de Almeida, o coordenador adjunto da Comissão Provincial de Resposta à Covid-19 na Lunda Sul, as autoridades sanitárias estão à espera de receber os resultados de testes feitos a 81 cidadãos, entre os quais vários funcionários daquela mina.

Para já ainda não há data de quando é que a cerca será levantada, sendo que permanecerá por tempo indeterminado, adiantou.

Citado pela Angop, o coordenador revelou que a comissão provincial vai recolher amostras dos 1600 funcionários que se encontram confinados na mina. Essas amostras serão enviadas para a capital para serem analisadas em laboratório, completou.

Viegas de Almeida afirmou que a comissão daquela província tem sensibilizado as pessoas, apelando ao reforço das medidas de protecção.

Até à data, a província da Lunda Sul registou apenas um caso positivo de covid-19.

Recorde-se que em Março, a Sociedade Mineira de Catoca – a quarta maior mina de diamantes do mundo e a responsável por mais de 75 por cento da produção de diamantes no país – suspendeu parcialmente os trabalhos, tendo dispensado parte dos trabalhadores.

Relacionado