Ver Angola

Saúde

Maior laboratório de biologia do país abriu portas para realizar 6000 testes diários à covid-19

O Centro de Diagnóstico Laboratorial de Viana, que vai permitir ao país ter uma capacidade de testagem na ordem dos 6000 testes diários à covid-19, foi inaugurado esta Quinta-feira. A fita vermelha foi cortada pelo ministro de Estado e Chefe da Casa Civil do Presidente da República, Adão de Almeida. Na cerimónia também esteve presente a ministra da Saúde, Sílvia Lutucuta.

: Pedro Parente/Angop
Pedro Parente/Angop  

O centro, que fica localizado na Zona Económica Especial de Viana, e é considerado o maior laboratório de biologia molecular e serologia do país.

O laboratório é composto por uma sala de preparação de reagentes, uma sala de recepção de amostras, uma sala de amplificação, uma sala de colheita, uma sala de serologia e ainda um espaço de repouso para os trabalhadores.

De acordo com a Angop, a infra-estrutura custou cerca de sete milhões de dólares.

Com capacidade para realizar 3000 testes do tipo 'RPCR' e 3000 testes do tipo 'Elisa', o centro foi montado pela empresa chinesa BGI, tendo a instalação sido liderada por um jovem angolano.

A ministra aproveitou a ocasião para revelar que que está também previsto a instalação de mais três laboratórios deste género no Huambo, Lunda Norte e Uíge.

"Isso permitirá, no contexto da covid-19, direccionar a nossa actuação, gizar medidas sustentáveis e seguras para, paulatinamente, equilibrarmos a relação saúde/economia e reforçarmos a confiança das pessoas e das instituições", disse, citada pela Angop.

No entanto, Sílvia Lutucuta frisou que o aumento da capacidade de testagem não é sinónimo do alívio das medidas de protecção contra o vírus.

Relacionado