Ver Angola

Política

Angola assinala “mudanças qualitativas” na cooperação com a União Europeia

A cooperação entre Angola e a União Europeia (UE) tem conhecido “mudanças qualitativas” com a introdução de métodos inovadores de relacionamento, afirmou esta Terça-feira o ministro das Relações Exteriores, Téte António.

:

Segundo o governante, que falava na abertura da 5.ª Reunião Ministerial Angola-União Europeia, por video-conferência entre Luanda e Bruxelas, no âmbito do programa "Caminho Conjunto", o encontro tem em vista uma cooperação mais activa e participativa.

"A República de Angola tem a UE como um parceiro importante para o seu desenvolvimento económico e social, consiste num modelo de cooperação de vantagens mútuas para o progresso e bem-estar das nossas populações", afirmou Téte António.

Preside ao encontro por Angola o ministro Téte António e pela UE o Alto Representante para a Política Externa e Segurança Comum, Josep Borrel.

O ministro deu conta de que a cooperação entre Luanda e Bruxelas, "não apenas caracterizada pela componente económica", tem conhecido "mudanças qualitativas" com a introdução de métodos inovadores de relacionamento.

As relações entre Angola e a UE "são abrangentes, tal como a União Europeia o quer fazer com toda a África, se falarmos da futura cimeira da União Europeia e União Africana".

A Agenda Nacional de Desenvolvimento da República de Angola, disse o governante, "não assenta somente na necessidade de expectativas nacionais de crescimento, mas também nas oportunidades decorrentes da dinâmica económica regional" e da possibilidade de criação de parceria ainda mais estreitas e bem diversificadas.

"Continuamos engajados no nosso desejo permanente e franco de continuar a reforçar a nossa cooperação multiforme baseada no respeito mútuo", concluiu.

A situação política e de segurança na África Austral e na Região dos Grandes Lagos, bem como no espaço da Comunidade de Desenvolvimento da África Austral (SADC), "com especial atenção para os assuntos políticos e de segurança", constituem temas da agenda.

As questões preparatórias da Cimeira União Europeia-África, prevista para finais de Outubro próximo também constam da agenda do encontro, que aborda igualmente aspectos ligados à cooperação na área comercial.

O programa "Caminho Conjunto" Angola-União Europeia foi assinado, em Julho de 2012, em Bruxelas, com o intuito de reforçar o diálogo e a cooperação entre as partes.

Relacionado