Caminho-de-Ferro de Luanda suspende ajuste de preços

O Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL) recuou na decisão de ajustar o preço de duas das três classes nos comboios suburbanos de passageiros, mas algumas pessoas ainda chegaram a pagar os novos valores estipulados.
:
  

Em comunicado a que agência Lusa teve acesso, o CFL refere que "suspendeu a decisão de aplicação dos novos preços dos bilhetes de passagem para os comboios suburbanos de passageiros, no percurso Bungo/Catete/Bungo, que estava prevista ser praticada” desde esta Sexta-feira.

De acordo com a nota, os preços dos bilhetes continuam a ser de 500 kwanzas, para a primeira classe, de 200 kwanzas, para a segunda classe, e 30 kwanzas, para a terceira classe.

O CFL sublinha que os passageiros que pagaram pelos bilhetes o valor ajustado "deverão ver restituído o seu dinheiro, através da realização de duas viagens sem pagar, mediante a apresentação do bilhete de passagem utilizado".

Segundo o porta-voz do CFL, Augusto Osório, o recuo foi feito "depois de uma avaliação mais cuidadosa".

Augusto Osório disse que a decisão de aumentar mantém-se, mas o início da sua aplicação é que não obedeceu aos procedimentos devidos. 

O anúncio do ajuste de preços foi feito na quarta-feira, estando previsto que os passageiros na terceira classe passariam a pagar 60 kwanzas e os passageiros na segunda classe o valor de 210 kwanzas.

A decisão provocou alguma preocupação e reclamações por parte dos cidadãos, que consideravam o momento imprópria para o aumento de preços, face às dificuldades económicas que afetam a população.

O CFL realiza diariamente 17 viagens de comboio suburbano de passageiros, transportando cerca de 7000 pessoas.

Além do comboio suburbano de passageiros, o CFL possui comboios de carga e passageiros interprovinciais, que liga Luanda/Cuanza Norte/Malanje, com duas viagens semanais.

Mais Lidas