Governo não vê “inconveniente nenhum” em que a SIC retome emissões em Angola

O Governo garantiu à agência Lusa não ver "inconveniente absolutamente nenhum" para que a SIC volte a emitir em Angola, indicando que tudo depende agora das negociações da estação de televisão portuguesa e os distribuidores.
:
  

"Da parte do executivo, tal como já foi comunicado pelo Ministério da Comunicação Social à administração da SIC, não há inconveniente absolutamente nenhum para que a SIC transmita a sua emissão normalmente para o território angolano", disse à Lusa o secretário de Estado da Comunicação Social, Celso Malavoneke.

"Obviamente que os detalhes operacionais e comerciais têm a ver com a SIC e com os distribuidores, que podem ou não chegar a acordo. É isso que vai determinar quando é isso vai acontecer. O que dissemos e reiteramos é que, da parte do executivo angolano, não há inconveniente absolutamente nenhum para que a SIC faça as suas transmissões em Angola", acrescentou o governante.

Na Terça-feira, a estação de televisão portuguesa noticiou que a SIC Notícias e a SIC Internacional "estão em condições de poder voltar a ser vistas em Angola", após mais de um ano sem transmissões no mercado nacional.

As emissões dos dois canais da SIC foram interrompidas no ano passado, alguns meses antes das eleições. A SIC Internacional emitia em Angola desde Agosto de 2000 e a SIC Notícias desde Novembro de 2003.

Mais Lidas