Ver Angola

Telecomunicações

Arrancou instalação de cabo submarino de comunicações que liga o país ao Brasil

Arrancou na Quarta-feira a instalação de um cabo de fibra óptica submarino de telecomunicações, que vai ligar o país ao Brasil e depois aos Estados Unidos, para a melhoria e baixa dos custos das comunicações.

:

O projecto governamental, em parceria com a empresa Angola Cables, o consórcio responsável pela obra, visa a instalação de uma ligação de comunicações submarinas, denominada Sistema de Cabo Atlântico Sul (SACS), que vai ligar Angola e o Brasil, e posteriormente o Brasil e os Estados Unidos, designando-se Cabo das Américas (CA).

Em declarações à imprensa, o gestor do projecto SACS, Clementino Fernando, disse que a instalação do cabo deverá estar concluída no primeiro trimestre de 2018, para entrar em funcionamento.

Clementino Fernando disse que cabos e navios já estão disponíveis no Japão, país fabricante e executor da obra, para a instalação do cabo até Março de 2018.

O responsável adiantou que o SACS será instalado a uma profundidade de 1,5 metros em águas rasas e sete quilómetros em alto mar, para evitar a danificação do cabo submarino na circulação constante de navios e recursos marinhos.

Com seis mil quilómetros de extensão, o cabo que ligará Luanda (Angola) a Fortaleza (Brasil), será composto por quatro pares de fibra, com uma capacidade de transmissão de dados de 40 Tbps (telebits por segundo).