Governo investe 13,5 milhões para travar ravinas na Lunda Norte

O Governo vai investir 3650 milhões de kwanzas (13,5 milhões de dólares) em obras para travar a progressão de ravinas na província da Lunda Norte, no leste do país.
:
  

As intervenções em causa visam a construção de estruturas de combate às ravinas em várias regiões daquela província, de acordo com um despacho presidencial, com data deste mês, a que a Lusa teve acesso e que confirma a adjudicação das três empreitadas à construtora Griner.

Segundo o documento assinado pelo Presidente João Lourenço, estas obras pretendem "garantir a segurança das populações, a melhoria das vias de comunicação e assegurar a prossecução do interesse público".

As ravinas da centralidade do Dundo, da Estrada Nacional (EN) 225, no troço Dundo-Xá Muteba, do Bairro do Aeroporto de Dundo, e da EN-180, à entrada da cidade de Dundo, capital da província, serão intervencionadas ao abrigo destas empreitadas.

O Governo considera esta medida como urgente, tendo em conta a necessidade de restabelecer as ligações rodoviárias e pedonais, de modo a "garantir a mobilidade de pessoas e bens em condições técnicas de segurança e conforto" ao mesmo tempo que previne o fenómeno das ravinas naquela província.

A ocorrência, natural, de ravinas é um problema que afecta todo o país, sendo mais grave nas províncias do Moxico, Lunda Norte, Lunda Sul, Zaire e Uíge, onde estão a ser afectadas as populações, com cortes de estradas e destruição de casas e escolas.

Mais Lidas