Ver Angola

Saúde

Autoridades montam cerca sanitária no Hotel Diamante e no bairro da Sapu

As autoridades de saúde decidiram implementar mais duas cercas sanitárias em Luanda – o epicentro do surto de covid-19 em Angola – para tentar controlar a propagação do vírus.

: Lusa
Lusa  

As cercas foram montadas esta Segunda-feira no bairro Sapu, em Viana, e no Hotel Diamante depois de terem surgido dois casos de transmissão local.

Um dos casos diz respeito a uma angolana de 45 anos. Segundo o Jornal de Angola, a paciente está ligada a um dos casos de transmissão local da Clínica Multiperfil – que também se encontra fechada com cerca sanitária.

Até ao momento, a angolana encontra-se estável e não apresenta sintomas. A mulher vive no condomínio Olívia, no bairro da Sapu, com mais seis pessoas, incluindo o seu marido e filhos, que já foram colocados em quarentena.

As autoridades também já isolaram os moradores daquele condomínio, que tem no total 47 habitantes.

Além do contacto directo com os moradores da sua casa, fontes do condomínio, em declarações ao Jornal de Angola, afirmaram que a mulher terá tido contacto directo com cerca de nove pessoas no bairro Rocha Pinto.

Quanto ao Hotel Diamante, o surgimento de um caso positivo fez o hotel fechar portas. Todas as pessoas que se encontram na unidade vão ser testadas.

Relacionado