Ver Angola

Economia

Com 15 empresários no “Desafio dos 1000 Empreendedores”, Angola é o país lusófono com mais representação

Angola, com 15 empresários, é o país lusófono mais representado na lista de vencedores do "Desafio dos 1000 Empreendedores", seleccionados a participar na Cimeira África-França, mas adiada devido ao novo coronavírus.

:

Em comunicado, a que a agência Lusa teve acesso, a embaixada da França em Angola informou que vão ser revelados esta Segunda-feira os mil vencedores do desafio, que eram convidados a participar da Cimeira África-França 2020, que devia ter início no dia 4 deste mês, em Bordéus, França.

Apesar do adiamento da cimeira, os vencedores vão beneficiar de um programa de acompanhamento que lhes permitirá ter acesso a financiamentos, formação, 'networking' e visibilidade para os seus projectos.

De acordo com a nota, este programa tem o apoio de parceiros franceses e africanos, através de 'mentoring' (orientação), relacionamento, bolsas, financiamentos públicos e privados.

Os vencedores têm já acesso ao Digital Africa Campus, que lança, no próximo mês, uma 'Resilient Summer School', prevendo o programa ciclos de 'masterclass' gratuitos, centrados inicialmente na resiliência empresarial em tempo de crise, sessões semanais de troca de experiência ('meet-ups') por sector de actividade.

Os empresários seleccionados, com idades entre os 24 e 30 anos, e três anos de experiência, são oriundos de 53 países africanos e operam nos domínios da água e saneamento, tratamento de resíduos, energia, educação, digital, agricultura, mobilidade, entre outras.