Ver Angola

Cultura

Hino dos 45 anos da Independência Nacional realça o patriotismo e solidariedade angolana

Depois de no início da semana ter sido tornado público de que o hino dos 45 anos da Independência Nacional ia ser cantado por 20 músicos angolanos, foi revelado esta Sexta-feira o vídeo de como foi feita a produção e interpretação do hino.

: Yola Araújo no 'making of' do hino
Yola Araújo no 'making of' do hino  

Com mensagens sobre patriotismo, esperança e solidariedade, esta música convida os angolanos a reflectirem sobre o futuro do país, mas também relembra grandes momentos da história angolana.

Big Nelo, da Karga Eventos, a empresa responsável por criar e produzir o hino, revelou que, durante a produção da música, os cantores cooperaram bastante entre si e mostraram-se sempre envolvidos no processo para que a melodia reflectisse da melhor maneira o povo angolano.

Bessa Teixeira, Calabeto, Filipe Mukenga, Eduardo Paim, Patricia Faria, Gabriel Tchiema, Socorro, Yola Araújo, Matias Damásio, Nagrelha, Anna Joyce, Big Nelo, Noite E Dia, Eva Rap Diva, Gerilson Insrael, Rui Orlando, Sandocam, Sandra Cordeiro, Vuivui e Cef, são as 20 vozes que deram vida a este hino.

Os artistas envolvidos no projecto dizem estar honrados em dar voz a esta música.

Bessa Teixeira, citado pela Angop, aplaudiu o significado e qualidade da letra e mostrou-se contente por ter participado nesta iniciativa. Já Eduardo Paím explicou que este hino serve para levar os angolanos a contribuírem para o crescimento do país.

Por outro lado, o cantor Calabeto afirma que este hino é a imagem perfeita dos angolanos, uma vez que esta música foi trabalhada para fazer pensar no espírito da angolanidade.

Patrícia Faria realçou o facto de o hino remeter para o patriotismo. Já Eva Rap Diva e Socorro, falam nos tempos de mudança que o país tem vindo a sofrer e sublinham que todos devem dar o seu melhor para fazer Angola crescer com uma identidade bem vincada.

A letra e música contam com a assinatura de Vladmiro Neto (Smash), Osvaldo Batista (Dinamit) Filipe Pedro (Diakota),Henrique Cardoso (VC) e Romeu Máquina (Dr Romeu).

A produção musical é de Heavy C e a coordenação geral ficou ao encargo de Big Nelo.

Relacionado