Ver Angola

Comércio

Angola aposta na exportação de cimento para países vizinhos. Receitas deverão aumentar cerca de 30 por cento

Angola prevê, a partir do próximo mês, avançar com a exportação de cimento cola para outros países africanos. O país estima, numa primeira fase, exportar um total de 75 toneladas do produto, o que deverá representar um aumento de 30 por cento na facturação.

:

O cimento vai ser exportado pela empresa angolana Juntex – localizada na Zona Económica Especial Luanda/Bengo – que já tem alguns países interessados em comprar o produto. É o caso da Costa do Marfim, que já encomendou 25 toneladas de cimento cola a Angola.

O director da empresa, Paulo Santos, em declarações ao Jornal de Angola, afirmou que a República Democrática do Congo e Moçambique também já encomendaram cimento. Cada país pediu 25 toneladas.

Para já, a empresa ainda não começou a exportação devido a alguns problemas burocráticos: "O início da actividade está a depender da resolução de alguns problemas burocráticos da exportação. Logo que estiver tudo tratado, vamos pôr o cimento no mercado externo", disse.

Paulo Santos frisou que estas operações comerciais vão fazer com que a facturação da empresa aumente cerca de 30 por cento.

Actualmente a empresa factura cerca de 40 milhões de kwanzas por mês. No entanto, quando a unidade fabril estiver a funcionar por completo a facturação deverá subir para os 200 milhões de kwanzas por mês.

Paulo Santos diz ainda que esta nova aposta deverá criar cerca de 40 novos empregos.

Relacionado