Ver Angola

Banca e Seguros

João Lourenço autoriza alienação das acções estatais no banco Caixa Angola

João Lourenço deu luz verde à alienação das acções que o Estado detém no banco Caixa Angola. O Estado detém 25 por cento das acções da Caixa Angola através da Sonangol.

:

O Presidente da República, através de um decreto, citado pelo Novo Jornal, decidiu que o processo de alienação será feito através de um concurso, onde os candidatos terão de ser previamente qualificados.

O documento presidencial define ainda que o responsável pelo departamento ministerial das Finanças Públicas será quem irá supervisionar e aprovar todas as fases do concurso – como por exemplo nomear uma comissão de negociação e avaliação das propostas, adjudicar as acções à melhor proposta e celebrar e assinar o contrato.

João Lourenço indica ainda que a comissão deverá ser composta por representantes do departamento ministerial responsável pelo sector bancário e financeiro e por representantes da Sonangol.