Ver Angola

Cultura

Secular campo de batalha contra ocupação portuguesa de Angola passa a sítio histórico

O Governo angolano classificou como sítio histórico-cultural nacional o local da "Batalha de Ambuíla", na província do Uíge, como forma de reconhecer o testemunho da resistência à ocupação colonial portuguesa de Angola.

:

A decisão consta de um despacho executivo de 21 de Maio, assinado pela ministra da Cultura, Rosa Cruz e Silva, ao qual a Lusa teve acesso, definindo ainda a necessidade de as entidades da administração local do Estado adoptarem medidas para a "efectiva protecção e valorização" deste património, no município do Kitexe.

A célebre 'Batalha de Ambuíla', a cerca de 300 quilómetros para Norte de Luanda, ocorreu a 29 de Outubro de 1665, envolvendo tropas do regime colonial português e as do então Reino do Kongo, é sublinhada no documento de classificação.

O despacho aponta a "necessidade de promover o seu reconhecimento como importante testemunho da resistência à ocupação dos reinos" que existiam, no início da colonização portuguesa, em Angola.

"Considerando que Ambuíla foi palco de vários combates em épocas muito recuadas, onde foram ceifadas vidas a milhares de angolanos na tentativa de defender o seu território da ocupação e domínio coloniais", lê-se no despacho executivo.

Angola assinala a 11 de Novembro de 2015 os 40 anos da proclamação da independência nacional, ocorrida após cerca de 500 anos de ocupação colonial portuguesa.