Ver Angola

Telecomunicações

Angola trabalha na reorganização de frequências para assegurar tecnologia 5G

O ministro das Telecomunicações, Tecnologias de Informação e Comunicação Social disse na Sexta-feira que o país já está a trabalhar no ‘refarming’ (reorganização) de frequências para assegurar a tecnologia 5G e os operadores já manifestaram interesse em aderir.

:

Manuel Homem, que falava após uma visita ao futuro parque tecnológico da Huawei em Luanda, afirmou que Angola está a fazer o seu caminho na implementação da nova tecnologia e que as empresas farão os investimentos necessários nesse sentido.

"Os operadores já manifestaram interesse e necessidade na implantação" do 5G, destacou.

O órgão regulador angolano já está a fazer o 'refarming' das frequências "para permitir as condições técnicas necessárias para atribuir as frequências para que os operadores possam assegurar a tecnologia 5G no país".

O ministro afirmou que a Huawei está a construir um dos principais centros tecnológicos de África, que permitirá ter também competências nacionais neste domínio, um investimento que considerou "estratégico".

"Este centro terá competências para a formação em diferentes tecnologias que o mercado neste momento exige, uma delas é a tecnologia 5G e está a ser construída um parque que permitirá a formação e infra-estruturas tecnológicas capazes de assegurar a implementação desta tecnologia no país", frisou.

O parque tecnológico da Huawei que conta com um investimento de 60 milhões de dólares deveria estar concluído em Dezembro deste ano, mas a pandemia de covid-19 atrasou o processo que se espera agora estar concluído em Maio de 2022.

Relacionado