Montepio negoceia fusão do Finibanco Angola com Banco de Negócios Internacional

O Montepio Holding, participada da Caixa Económica Montepio Geral, iniciou as negociações para a fusão entre o Finibanco Angola e o Banco de Negócios Internacional (Angola) tendo, em conjunto com esta última instituição, a intenção de atrair parceiros internacionais.
:
  

“A Caixa Económica Montepio Geral […] informa que a sua participada Montepio Holding, SGPS, S.A. iniciou as negociações com os acionistas do Banco de Negócios Internacional, S.A. (Angola) com vista a uma fusão entre o Finibanco Angola S.A. e o Banco de Negócios Internacional, S.A”, lê-se no comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM). 

De acordo com a informação remetida ao mercado, “é intenção das partes atrair a participação de parceiros estratégicos internacionais para esta operação”, de modo a contribuir para a “consolidação, reforço e abertura do sistema bancário e financeiro angolano”. 

A instituição financeira adiantou ainda que as autoridades regulatórias angolanas e portuguesas foram informadas deste processo, acrescentando que o “desenvolvimento e conclusão das negociações estão dependentes da tramitação necessária junto dos accionistas e das autoridades angolanas e, ainda, dos resultados do programa de avaliação de qualidade de activos do sistema bancário angolano que decorre actualmente em Angola”. 

Caso a conclusão deste processo seja bem-sucedida, o Grupo Banco Montepio “cumprirá o objectivo estratégico já anunciado de não consolidação da sua participação no Finibanco Angola”, assegurou.

Mais Lidas