Ver Angola

Transportes

Operações no Terminal Marítimo de Cabinda arrancam em Julho

Julho é o mês apontado pelo ministro dos Transportes, Ricardo de Abreu, para o arranque das operações no Terminal Marítimo de Cabinda. Também está previsto que as obras do quebra-mar e da rampa de atracagem fiquem concluídas nesse mês.

:

O governante assegurou que o Ferryboat de transporte de passageiros e carga que vai ligar Luanda, Soyo e Cabinda começa a funcionar dentro de três meses, mais propriamente em Julho.

Ricardo de Abreu fez ainda saber que o ferryboat vai dar resposta à "interrupção geográfica" que tem obrigado o Governo a criar novas linhas de acesso à região norte do país.

Citado pela Angop, o titular da pasta dos Transportes realçou que todas as equipas envolvidas no projecto estão a trabalhar arduamente para que seja possível arrancar com as operações do terminal daqui a sensivelmente três meses.

Para este projecto, o ministério dos Transportes tem o apoio do Ministério das Finanças e do Tribunal de Contas, avançou Ricardo de Abreu, explicando que os departamentos e serviços destas entidades são os responsáveis por disponibilizar recursos que garantam a concretização dos contratos e, consequentemente, o avanço do projecto.

O Terminal Marítimo de Cabinda foi criado para ajudar com a mobilidade das pessoas de Cabinda para o resto do país, por via marítima, através do Ferryboat-Cabinda – uma embarcação com 48 metros de comprimento e capaz de transportar 60 pessoas, nove contentores e dez carros, entre outro tipo de cargas.

Segundo a Angop, o projecto, que começou a ser implementado em 2017, é composto por uma sala de embarque e uma sala de desembarque, ambas com capacidade para 150 pessoas, sala VIP, zona de bagagens, instalações sanitárias, elevadores, entre outros.

Relacionado