Ver Angola

Cultura

BubaCurta, o festival de cinema online em que os participantes só precisam de uma ideia e de um telemóvel

Chama-se BubaCurta e apresenta-se como o primeiro Festival de Cinema de Smartphone e Tablet no país. A ideia partiu do Instituto Angolano do Cinema e do Audiovisual (IACA) e traduz-se num festival online — adequando-se na perfeição aos tempos que vivemos — que quer “contar estórias angolanas por e com angolanos”.

:

“Bumba a tua Curta no Buba!” é o lema deste original festival, cujas candidaturas estão abertas até ao final do mês de Maio. De acordo com a organização, o objectivo passa pelo reforço de uma “actividade regular de produção cinematográfica e audiovisual no país”, incentivando o uso de smartphones e tablets na captura de imagens.

A cerimónia que anunciará o vencedor desta primeira edição está marcada para Agosto, em Luanda. Antes disso, não está prevista qualquer concentração física. Trata-se de um festival online desde a inscrição até à votação.

Neste “festival de cinema dos tempos modernos”, como é apresentado pela organização, o prémio vai para a criatividade. Basta um telemóvel e uma ideia. O concurso é de tema livre e permite obras produzidas desde 2016, com a duração máxima de seis minutos. Os conteúdos devem ser maioritariamente relacionados com a realidade angolana.

Animação, documentário ou ficção podem concorrer, desde que cada candidato apenas apresente uma obra a concurso. A candidatura deve ser formalizada na página do IACA dedicada ao festival. O júri, constituído por cinco personalidades da área, seleccionará as cinco melhores obras entre as 20 mais votadas pelo público (que as poderá ver através do YouTube).

Ao Novo Jornal, um dos responsáveis pelo festival adiantou que, no que diz respeito aos prémios, a prioridade será dada à formação, estando a ser negociadas bolsas de estudo na área com instituições de ensino médio e superiores.