Diamantes renderam 368 milhões no primeiro trimestre de 2019

A Empresa Nacional de Comercialização de Diamantes de Angola (SODIAM) arrecadou 368,66 milhões de dólares pela comercialização de 2,6 toneladas de diamantes, no primeiro trimestre de 2019, anunciou a administração.
:
  

Segundo a SODIAM, o volume total de vendas corresponde a um aumento de cerca de 31,5 por cento em relação ao similar período de 2018.

Os dados relativos às realizações do mercado de diamantes no país durante aos primeiros três meses de 2019 e perspectivas do segundo trimestre foram apresentados, em Luanda, numa cerimónia que decorreu na sede do Ministério dos Recursos Mineiras e Petróleos.

De acordo com o chefe do departamento de Planeamento da SODIAM, Sendji Vieira Dias, a receita bruta proveniente da actividade de comercialização totalizou mais 106 milhões de dólares em relação ao primeiro trimestre de 2018.

Os diamantes comercializados nos primeiros três meses de 2019 foram provenientes das províncias angolanas da Lunda Sul (93,6 por cento) e da Lunda Norte (6,4 por cento), "2.503.816,52 quilates de origem kimberlítica e 141.398,60 quilates de origem aluvionar".

Sendji Vieira Dias recordou também que durante o período em análise, realizou-se o leilão de diamantes brutos em Angola, onde se registou a venda de sete pedras especiais da Sociedade Mineira do Lulo, que totalizou um volume de 497,95 quilates e uma receita superior a 15 milhões de dólares.­

Mais Lidas