Mais de 2100 estrangeiros expulsos na última semana

As autoridades angolanas expulsaram, na última semana, 2113 cidadãos estrangeiros por "decisão judicial e administrativa" e detiveram 2136 cidadãos por "permanência e auxílio à imigração ilegal", anunciou o Serviço de Migração e Estrangeiros (SME).
:
  

Segundo o SME, no período de 10 a 17 de Abril, foram igualmente notificados e "convidados a abandonar" Angola dez cidadãos estrangeiros por "permanência ilegal" e impedidos de entrar no país 18 cidadãos que foram "já reembarcados".

Foram impedidos de sair de Angola 18 cidadãos nacionais, a maioria por falta de meios de subsistência.

Em relação ao movimento migratório, o SME registou a entrada de 27.129 pessoas, das quais 12.531 eram cidadãos angolanos e os restantes estrangeiros, e a saída de 28.958 pessoas, das quais 14.230 eram cidadãos angolanos.

O ministro do Interior de Angola, Ângelo da Veiga Tavares, anunciou, na última semana, que pelo menos 70.000 cidadãos estrangeiros foram expulsos de Angola em 2018 e no primeiro trimestre de 2019, e que cerca de 700.000 "saíram voluntariamente por força de acções preventivas".

Mais Lidas