Ver Angola

Opinião Mónica Tavares

Mónica Tavares

Mónica. Vinte e oito anos. Enfermeira. Portugal viu-a nascer, Angola obrigou-a a crescer. Como milhares de portugueses, fez as malas e cruzou o Atlântico. Por dinheiro? Não. Porque “trabalhar em saúde é querer ajudar”. E Angola precisa de ajuda.

Opinião

Mónica Tavares Angola, o país e a saúde

Saúde actual em Angola