Ver Angola

Comércio

Equivalenza: os perfumes low-cost que conquistaram os angolanos

O mote passa por fragrâncias de qualidade a preços acessíveis. Pioneiros no conceito, já viram o sucesso ser estendido a 39 países em todo o mundo e a cerca de 700 lojas em apenas quatro anos. Em 2013, aquele que já foi considerado um dos melhores franchisings do mundo chegou a Angola. Para 2015 são esperadas 12 novas lojas Equivalenza no país, não só em Luanda, mas também no Lubango, em Malanje e em Benguela. Se se concretizar uma parceria com uma empresa angolana, a marca projecta para o nosso país meia centena de lojas a curto prazo.

:

Quando é que a Equivalenza decidiu apostar no território angolano?

A Equivalenza, depois de ter iniciado a sua expansão na Europa há três anos, decidiu apostar no continente africano.

Porquê Angola?

Porque a Equivalenza após a sua primeira aposta, que foi Espanha, o país seguinte e para iniciar a sua expansão foi Portugal, conseguindo um êxito enorme. Actualmente, a marca conta com 700 lojas em todo o mundo, sendo que só Portugal tem 126 lojas. Sabendo nós que muitos angolanos já viveram em Portugal, e muitos deles têm as mesmas preferências que os portugueses no que concerne à moda, ao perfume, aos acessórios, etc. decidimos avançar para Angola.

Foram pioneiros no negócio dos perfumes low-cost no país?

Sim, sem dúvida. Aliás, fomos os primeiros em todo o mundo neste tipo de negócio de venda de perfume a granel com preços low-cost, o que nos valeu nestes três últimos anos vários prémios de Best Franchise Internacional e o reconhecimento por todas as entidades competentes. Temos, inclusive, certificação internacional da The International Fragrance Association (IFRA), entidade de auto-regulação da indústria de fragrâncias.

A entrada foi feita em regime de franchising? Quem é o master franchise?

A primeira loja foi própria, seguindo-se depois então o franchising das mesmas. Os direitos para Angola são pertença da empresa Koisas Kasa, empresa portuguesa. Neste momento estamos a estudar uma fusão com uma empresa angolana para incentivar a expansão da marca em Angola.

Qual o investimento inicial para a entrada da marca em Angola?

Cerca de 150 mil dólares.

Em que locais do nosso país é que a Equivalenza está representada? Pretendem continuar a expandir-se pelo território angolano?

Neste momento estamos concentrados em Luanda, mas prevemos aberturas brevemente nas províncias de Benguela e Malanje e também no Lubango.

É certo que os objectivos passarão pela abertura de 30 unidades franchisadas nos próximos quatro anos?

Esperamos sinceramente ultrapassar esse objectivo com a nova parceria que estamos a desenvolver, o que significa poder alcançar as 50 unidades rapidamente.

Pode explicar aos nossos leitores em que é que a Equivalenza se especializa?

A Equivalenza é hoje uma marca de referência em todo o mundo, na área da perfumaria e aromas. É destinada a quem quer comprar um bom perfume, de qualidade superior, e pagar apenas a fragrância que consome e não o marketing caríssimo que as grandes marcas normalmente utilizam. Muitas vezes vemos campanhas com actores, actrizes e pessoas famosas em geral, assim como frascos muito elaborados. Os frascos da Equivalenza são práticos e simples, pois a nós o que nos interessa é vender o conteúdo na sua melhor qualidade.

Qual poderá ser a diferença de preço entre um perfume low-cost e um perfume de marca?

Os perfumes low-cost poderão ser até 70 por cento mais baratos do que nas grandes marcas.

Já têm ideia das preferências dos angolanos no que diz respeito a fragrâncias?

Sim, sem dúvida. Podemos constatar que preferem notas olfactivas mais acentuadas e que existe uma procura maior de perfumes masculinos, o mesmo acontecendo na preferência das mulheres angolanas.

A aposta em Angola já pode ser considerada um caso de sucesso?

Sim, o êxito é uma constatação já evidente, quer pela facturação das lojas abertas, quer pelas pessoas que nos perguntam quando abriremos mais lojas de venda da Equivalenza. Temos mais de 13 mil gostos na nossa página da Equivalenza Angola em menos de um ano de existência, o que reflecte um interesse muito grande dos angolanos pela marca.

Quais os planos para 2015?

Em 2015 esperamos ter mais 12 aberturas de lojas em Angola. Prevemos que dentro de dois, três meses, existam lojas Equivalenza no Kero Rocha Pinto, Kero Nova Vida, na Rua 11 de Novembro, em Luanda Sul e, no final do ano, no novo shopping Golf II. Fazem também parte dos planos para este ano aberturas em Benguela, Malanje e Lubango, já que as negociações com candidatos a franchisado têm avançado a bom ritmo.

Galeria