Ver Angola

Ambiente

Angola e Brasil assinam acordos para investimentos na agricultura e energia

Os governos de Angola e do Brasil assinaram hoje dois novos acordos para facilitar o investimento em áreas como a agricultura e energia, no âmbito da visita do ministro das Relações Exteriores brasileiro a Luanda.

:

Em causa está um acordo de cooperação e de facilitação de investimentos e um Memorando de Entendimento para se fazerem investimentos específicos em várias áreas, da agricultura à geologia, energia ou serviços.

Os dois acordos, que se inserem nos objectivos da parceria estratégica entre os dois países, foram assinados em Luanda pelos ministros das Relações Exteriores de Angola e do Brasil e para o chefe da Diplomacia angolana "abrem um novo campo". "Não só para investidores privados, entre a República do Brasil e Angola, mas também em sectores específicos como a agricultura e a energia, para poder consolidar projectos de interesse comum", sublinhou Georges Chikoti, no final da cerimónia de hoje.

De visita a Luanda, o ministro das Relações Exteriores do Brasil, Mauro Vieira, sublinhou o nível actual das relações bilaterais" para justificar os acordos agora rubricados, cujo teor prático não foi divulgado. "O reflexo dessa qualidade das relações é dado pelos acordos tão importantes [rubricados hoje]", afirmou Mauro Vieira, reconhecendo a "importância" de Angola "na formação da sociedade brasileira".

Os dois países acordaram em Junho de 2014 uma sexta linha de financiamento de crédito do Brasil para projectos de empresas nacionais em Angola, no valor de dois mil milhões de dólares, com desembolsos previstos para o ano passado, sobretudo na área da produção de electricidade.