Ver Angola

Transportes

Caminho-de-Ferro de Luanda recebe novos comboios

Luanda recebeu, nesta Quinta-feira, um reforço na sua frota de locomotivas. O Caminho-de-Ferro de Luanda (CFL) integra agora mais quatro comboios que vão passar a realizar as ligações entre Luanda e Viana.

:

Estes quatro novos comboios fazem parte de um conjunto de 10 composições que vão ser entregues pelo Ministério dos Transportes aos caminhos-de-ferro de Luanda, Benguela e Moçêmedes. Este reforço tem em vista dar resposta ao aumento da procura nos trajectos ferroviários que ligam Luanda a Viana, Benguela ao Lobito e ainda os trajectos no Lubango e Moçâmedes.

Estes novos comboios podem transportar até um máximo de 700 pessoas por dia.

O ministro dos Transportes, Ricardo D'Abreu, referiu, citado pelo Novo Jornal, que o governo não quer demorar muito a colocar os novos "meios à disposição da população", admitindo que isso deverá ocorrer durante os próximos 45 a 60 dias.

"Estamos a ver se nos próximos dias conseguimos operacionalizar os comboios suburbanos de Luanda", afirmou.

O governante revelou ainda que as composições que serão entregues a Benguela já estão a caminho de Angola.

Quanto aos três comboios que vão ser entregues no Lubango, Ricardo D'Abreu afirmou que estes como foram fabricados na China podem demorar a ser entregues devido à pandemia da Covid-19.

Sérgio Luther Rescova, governador de Luanda, considerou que este reforço vai melhorar o serviço de transportes na capital, mas deixou um aviso: "Esses meios vão melhorar os transportes urbanos, mas é necessária a sua conservação, porque em nada valerá o executivo fazer investimentos avultados como este se em conjunto não adoptarmos uma postura responsável para a conservação destes meios".