Ver Angola

Transportes

TAAG: pilotos ameaçam avançar com greve caso reajuste de salários não seja feito em Março

O Sindicato de Pilotos de Linhas Aéreas (SPLA) da TAAG ameaçou avançar com uma greve caso a companhia aérea não proceda ao acerto dos salários dos pilotos, durante o mês de Março. O ajuste, que diz respeito a um acordo feito em 2013, ronda o equivalente em kwanzas a 3800 dólares.

:

"Nós temos consciência que a companhia, neste momento, não tem condições financeiras para proceder a aumentos salariais, por isso exigimos que se faça um reajuste possível, tendo em conta o empobrecimento da classe desde 2013", afirmou Horácio Cruz, secretário-geral da SPLA, à Angop.

"Diariamente ou quando necessário a companhia nacional de bandeira procede a reajustes na venda dos seus bilhetes de passagem", lembrou o sindicalista, adiantando que a classe quer que o acerto seja feito o mais rapidamente possível. 

O sindicalista revelou ainda que a Assembleia-Geral do Sindicato já entregou a sua lista de reivindicações à empresa, sendo que ponto sobre o ajuste dos salários é realçado.

Em Setembro do ano passado, a estrutura sindicalista acabou por desconvocar uma greve, depois de ter a administração da TAAG ter chegado a um acordo com o SPLA sobre a possível criação de um novo acordo de trabalho que revogava o acordo de 2005.

Relacionado