Ver Angola

Economia

Covid-19: Capital Economics prevê desvalorizações da moeda em Angola

A consultora Capital Economics considerou esta Sexta-feira que Angola e Nigéria serão dois dos países que vão ser obrigados a desvalorizar as moedas, no seguimento da redução da actividade económica devido à pandemia da Covid-19.

:

"Parece agora claro que a pandemia do novo coronavírus vai causar mais danos económicos do que aqueles que tínhamos previsto, quer globalmente, quer dentro de África", escrevem os analistas numa actualização às previsões económicas para o continente.

Na actualização, enviada aos clientes e a que a Lusa teve acesso, a Capital Economics nota que "a queda nas receitas de exportações e o sentimento pessimista sobre a evolução do preço das matérias-primas vão colocar pressão na política cambial, forçando Nigéria e Angola a desvalorizarem as suas moedas".

Os analistas desta consultora britânica prevêem "uma redução do crescimento em toda a região, com a África do Sul e as economias dependentes do turismo, como as Ilhas Maurícias, por exemplo, a terem um declínio na produção este ano".

A propagação do vírus, acrescentam, é influenciada pelas particularidades africanas: "Por um lado, os países africanos são menos urbanizados que os seus pares mais ricos na Europa ou na Ásia, onde a doença avançou mais depressa, e a população é mais jovem, mas por outro lado a maioria dos governos africanos não tem a capacidade administrativa para impor medidas restritivas do contacto social".

Relacionado