Ver Angola

Transportes

Processo de certificação do Aeroporto da Catumbela termina em breve

O processo de certificação do Aeroporto da Catumbela, em Benguela, deverá ficar concluído em breve. A obtenção de certificação permitirá ao aeroporto passar a funcionar como uma plataforma logística para movimentação de carga, manutenção de aviões e ainda servir como uma alternativa ao aeroporto da capital para embarque e desembarque de pessoas.

:

Sem avançar datas para o final do processo de certificação do aeroporto, Nataniel Domingos, presidente da Comissão Executiva Gestora de Aeroportos, que falava esta Segunda-feira no "Fórum da Indústria Aeronáutica Angolana – Sector da Aviação no Contexto Mundial e Local", explicou que até ao momento já foram reabilitados pelo Executivo um total de 19 aeroportos. Esta reabilitação vai possibilitar a união por via aérea todas as capitais das províncias, caso seja necessário.

Contudo, o responsável disse, citado pelo Jornal de Angola, que para que esses objectivos sejam cumpridos ainda falta realizar algumas tarefas: actualizar os serviços de controlo aduaneiro e fiscal, os serviços de navegação bem como a identificação via raio x de cargas e passageiros, entre outros.

Na ocasião, Nataniel Domingos revelou ainda que em 2019, ano anterior à pandemia, foram movimentados 3,5 milhões de passageiros e 33 mil toneladas de carga no país. Números, que segundo o responsável, demonstram o potencial dos transportes de Angola.

No fórum foi ainda referido o processo de actualização das infra-estruturas aeroportuárias. Esse procedimento vai permitir assegurar que o país se torne numa plataforma logística, tal como o Egipto, África do Sul e Quénia.

Para se adequar a esses desafios, o actual Aeroporto Internacional 4 de Fevereiro, na capital, deverá ser alvo de melhorias permitindo o aumento da capacidade de pista e movimento de passageiros e carga.

Relacionado