Ver Angola

Política

PR informado sobre plano da CEEAC que defende fim dos problemas de mobilidade entre países membros

O Secretário Executivo da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), Gilberto Veríssimo, informou, esta Segunda-feira, o Presidente, João Lourenço, sobre o novo Plano de Integração da CEEAC, que pretende eliminar os constrangimentos de mobilidade entre os 11 países membros da comunidade.

:

No final do encontro com o chefe de Estado, Gilberto Veríssimo explicou que o plano foi proposto pela República do Congo (que assume a presidência em exercício da organização) e visa o desenvolvimento de estradas e caminhos-de-ferro dos países que fazem parte da CEEAC.

O secretário executivo da CEEAC revelou que está "a viajar pelos 11 países membros da CEEAC para dar a conhecer a iniciativa e o seu processo de implementação".

De acordo com o responsável, citado numa nota publicada no Facebook do Governo, durante a viagem, Gilberto Veríssimo demorou mais de oito horas "para sair de Libreville para Brazzaville".

Essa viagem, afirmou, deveria ser feita em menos tempo, se "as condições das estradas e de comunicação fosse melhores".

É este tipo de constrangimentos que o Plano de Integração da CEEAC pretende resolver, admitiu o secretário executivo.

A CEEAC foi criada em 1983 em Libreville, no Gabão, e visa promover a cooperação e desenvolvimento auto-sustentável dos países membros. Fazem parte da comunidade Angola, Burundi, Camarões, República Centro-Africana, Tchad, República do Congo, República Democrática do Congo, Ruanda, Guiné Equatorial, Gabão e São Tomé e Príncipe.