Ver Angola

Telecomunicações

Angola avança com digitalização da televisão terrestre

O país vai mudar o sistema televisivo: o sinal analógico vai passar a ser digital. A digitalização da televisão vai começar com um projecto-piloto que vai abranger as províncias de Luanda, Cabinda e Malanje. No entanto, o governo espera alargar a medida a todo o país, num período de oito anos.

:

Durante a cerimónia de lançamento do projecto, o ministro da Comunicação Social, Nuno Albino, afirmou que esta mudança é importante para o país e para o sector das telecomunicações: a população vai passar a ter melhor qualidade de imagem, que será transmitida em alta definição. Além disso, o ministro sublinhou que esta digitalização vai permitir aos angolanos expandir o conteúdo televisivo para os seus telemóveis ou outros dispositivos que reproduzem imagem em HD.

De acordo com a Angop, o projecto de digitalização da televisão vai ser feito com a ajuda do governo japonês, estimando-se que a mudança demore entre cinco a oito anos a estar concluída.

O governante explicou que o projecto-piloto foi lançado "com custos muito baixos". Depois de instalado o emissor, disse Nuno Albino, "inicia-se outra fase, com a linha de financiamento do Japão para a implantação de todo sistema de rede digital no país". "Em oito anos o país estará totalmente digitalizado", completou.

Nuno Albino considerou ainda que esta mudança vai impulsionar a economia e "revolucionar" o sistema televisivo.

Já o embaixador do Japão em Angola, Hironori Sawada, que também esteve presente na cerimónia, afirmou que este novo sistema vai ajudar a melhorar os meios de comunicação social e deixou a promessa de que o governo japonês prestará todo o apoio necessário a Angola até que o processo de transição esteja concluído.