Angola passa a conceder vistos de fronteira a partir de 1 de Março

A partir de 1 de Março o país passará a conceder vistos de fronteira, medida que irá facilitar a captação de investimento estrangeiro. O novo sistema foi testado a 30 de Janeiro com a presença dos ministros do Interior e dos Transportes, Ângelo da Veiga Tavares e Augusto Tomás, respectivamente.
José Cola:
    José Cola

A notícia foi avançada por fonte do Ministério do Interior, de acordo com o Correio da Kianda, medida que sempre foi defendia como forma de facilitar a captação de investimento estrangeiro no país.

“Angola tem perdido investidores para os países vizinhos por não ter uma política migratória mais conducente com a dinâmica actual do mundo de negócios, como é o caso da concessão de vistos de fronteira”, afirmou anteriormente a presidente executiva da Câmara de Comércio EUA/Angola (USACC), Maria da Cruz.

Segundo Maria da Cruz, com a entrada em vigor do sistema de emissão de vistos de vistos de fronteira, o país reduz as dificuldades burocráticas, para que o fluxo de investimentos responda às expectativas criadas pelo Executivo.

Com a implementação do sistema de vistos de fronteira, João Lourenço estará a cumprir mais uma promessa eleitoral e a criar bases para a criação, este ano, do estatuto do “Investidor estrangeiro”, com um regime de vistos e autorização de residência facilitado, para promover a captação de investimento privado, tal como defendeu no seu último discurso na Assembleia Nacional.

Mais Lidas