Ver Angola

Matérias Primas

Negociações para entrada no país da multinacional mineira Rio Tinto estão “muito avançadas”

O presidente da diamantífera Endiama avançou que as negociações para a entrada da multinacional mineira Rio Tinto em Angola estão muito avançadas, admitindo que se venha a concretizar este ano.

:

"As negociações com a Rio Tinto estão bastante avançadas e o objetivo é ter a empresa este ano em Angola", afirmou José Manuel Ganga Júnior, que falava esta Sexta-feira em conferência de imprensa numa sessão comemorativa dos 40 anos da empresa.

O responsável da Endiama acrescentou quem embora não seja expectável que a Rio Tinto comece já este ano em fase de exploração industrial, poderá avançar com algumas "condições de arranque" da actividade, em termos de avaliação ou prospeção.

A de Beers e a Petra Diamonds são outras das empresas internacionais que a Endiama quer atrair para Angola.

"Temos estado a falar e a definir as principais questões ligadas ao nosso relacionamento", disse, em relação à De Beers, com quem estão a ser mantidas conversações há vários anos, procurando o regresso da empresa, que esteve presente em Angola entre 2005 e 2012, ao país.

Em causa estão questões ligadas à política de comercialização e regras de redistribuição do capital social, entre outras, apontou, acrescentando que têm sido mantidos vários encontros com os responsáveis da gigante diamantífera.

Durante este ano, a Endiama espera também que os novos projectos se traduzam na criação de cerca de 3000 postos de trabalho.

A Endiama, fundada a 15 de Janeiro de 1981, é uma empresa nacional vocacionada para prospecção, exploração e comercialização de diamantes, actuando como operadora e concessionária exclusiva na gestão da cadeia de valor do subsector diamantífero.

Relacionado