Ver Angola

Comércio

Câmara de Comércio Angola-Rússia surge para abrir portas ao investimento

A partir desta Terça-feira, o país vai passar a ter uma Câmara de Comércio Angola-Rússia. Esta plataforma económica visa incentivar à iniciativa privada bem como incentivar o investimento.

:

No mês passado, foi feita a eleição dos membros da comissão instaladora, que toma posse esta Terça-feira. Segundo o porta-voz do evento, Miranda Kiala, tendo em conta "as relações históricas que sempre existiram entre Angola e a União Soviética, a comissão instaladora da Câmara de Comércio Angola-Rússia achou por bem institucionalizar" esta câmara.

Em declarações à Rádio Nacional de Angola (RNA), o responsável adiantou que esta plataforma visa "incrementar ou fomentar as relações comerciais entre Angola e Rússia com o objectivo também de contribuir para um melhor conhecimento recíproco da realidade económica de ambos os países e por outro lado incentivar a iniciativa privada e livre concorrência obedecendo a padrões de conduta ética de negócios para um clima de bem-estar e social entre os dois estados".

Também avançou que esta câmara vai abrir portas a investimentos não só em Angola como também em outros países do continente e estimular o emprego.

"A Câmara de Comércio Angola-Rússia será uma porta aberta para os investimentos da Federação da Rússia não só em Angola como em África em geral, tendo em consideração a posição estratégica que Angola ocupa, quer a nível da SADC quer a nível dos Grandes Lagos, contribuindo para a melhoria das condições das nossas populações e por outro lado fomentar o emprego porque esses empresários quando cá estiverem terão a possibilidade de instalar fábricas de grande porte", disse.