Ver Angola

Comércio

Grupo eritreu Anseba fica com rede de hipermercados Kero

O Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE) confirmou que será o grupo eritreu de distribuição Anseba a ficar com a gestão da rede de hipermercados Kero, apesar da contestação dos parceiros Alimenta Angola/Carrefour.

:

A notícia já tinha sido avançada pela imprensa a semana passada, afirmando-se que seria o Anseba a ficar com a rede de hipermercados anteriormente detida pelo grupo Zahara, ligado aos generais "Dino" (Leopoldino Fragoso do Nascimento) e Kopelipa (Helder Vieira Dias) e que passou para as mãos do Estado no âmbito do programa de recuperação de activos.

Posteriormente, o IGAPE desmentiu que o processo de privatização estivesse concluído e a Alimenta Angola recorreu a advogados para contestar a entrega da cadeia de retalho aos eritreus.

Segundo um comunicado divulgado esta Quarta-feira, apresentaram propostas três concorrentes – Anseba, Alimenta Angola e Camarufi – também ligada aos dois generais, antigos homens fortes do ex-presidente José Eduardo dos Santos – mas só a Anseba e a Alimenta Angola passaram à fase de negociação, que incidiu na componente financeira dos critérios de avaliação, tendo o Relatório Preliminar de Negociação indicado vantagem para o grupo eritreu.

"Notificados do Relatório Preliminar de Negociação, em sede da audiência prévia, a concorrente ALIMENTA ANGOLA exerceu o seu direito, para contestar a decisão preliminar da Comissão de Avaliação", argumentos que foram considerados pela Comissão de Avaliação, o que implicou uma melhoria na respectiva pontuação, segundo o comunicado do IGAPE.

No final, a ANSEBA continuou a levar a melhor com uma pontuação total de 66,2 pontos.

O IGAPE salienta ainda que "em nenhuma das fases do procedimento, os concorrentes apresentaram provas documentais da existência de uma eventual associação com marcas internacionais, para participar especificamente do presente concurso", aludindo à parceria empresarial que teria sido constituída entre o grupo francês Carrefour e a Alimenta Angola, do grupo brasileiro Tenda Atacado.

"O concurso público para a cessão do direito de exploração e gestão da rede de hipers e supermercados KERO cumpriu com toda a tramitação administrativa necessária e considera-se em conformidade com o respectivo Programa e com a Lei dos Contratos Públicos", conclui a nota de imprensa do IGAPE.

Relacionado