Ver Angola

Economia

Setenta por cento de financiamento do BAD para pequenas empresas já disponível

A administração do Banco de Poupança e Crédito (BPC), anunciou esta Quarta-feira que 70 por cento dos 325 milhões de dólares financiados pelo Banco Africano de Desenvolvimento (BAD) serão destinados às pequenas e médias empresas.

:

A informação foi transmitida pelo presidente do conselho de administração do Banco de Poupança e Crédito, André Lopes, adiantando que 10 por cento do financiamento serão destinados a projectos de fomento à produção nacional detidos por mulheres.

"Projectos para o respectivo financiamento devem ter também estudos de impacto ambiental e social", disse André Lopes, na apresentação dos recursos financeiros disponíveis para financiar o sector privado, no montante de 2 mil milhões de dólares.

Pelo menos 120 milhões de dólares, recursos da primeira linha de três tranches daLinha de Financiamento de 325 milhões de dólares do BAD estão domiciliados no BPC no âmbito do Programa de Apoio ao Crédito.

Segundo o presidente do BPC, maior banco de capitais públicos do país, as acções no âmbito do Programa de Apoio ao Crédito decorrem com um olhar ao risco cambial e "desde Junho" que se equacionam "medidas para conter o risco cambial ante a depreciação da moeda".

O Programa de Apoio ao Crédito emana do Programa de Produção Nacional, Diversificações das Exportações e Substituição das Importações (Prodesi).

O sabão, sal, arroz, farinha de trigo, açúcar, carapau, carne de frango, óleo de palma e de soja, lixívia, alho, batata rena, cebola, água de mesa, cenoura, mandioca, ovos contam da lista dos 54 produtos elegíveis ao crédito.

Melhorar as infra-estruturas de apoio à produção nacional, nomeadamente energia, água e a rede viária, facilitar o acesso ao crédito, melhorar o ambiente de negócios e atribuir incentivos fiscais são algumas medidas hoje avançadas pelo Governo para o fomento da produção nacional.