Ver Angola

Construção

Mota-Engil assina contrato em Angola avaliado em 128 milhões de dólares

A Mota-Engil assinou dois novos contratos nas Honduras e em Angola, que totalizam 346 milhões de dólares e têm um valor de construção de 502 milhões de dólares, foi esta Terça-feira comunicado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

:

"A Mota-Engil informa sobre a assinatura de dois novos contratos por uma empresa subsidiária da Mota-Engil Latin America e pela Mota-Engil Engenharia e Construção África, respectivamente nas Honduras e em Angola", lê-se na informação remetida ao mercado.

O contrato em Angola, que tem uma duração estimada de 30 meses, contempla a conclusão do sistema elevatório norte, do perímetro irrigado do Calueque e de uma central de geração hídrica, totalizando, sensivelmente, 128 milhões de dólares.

"Prevê-se que o financiamento integral deste projecto seja assegurado por uma instituição de crédito à exportação", referiu a construtora.
Na sessão de Terça-feira da bolsa, a Mota-Engil caiu 0,49% para 1,84 euros.

Fundado em 1946, o Grupo Mota-Engil está presente em 28 países, repartidos por três áreas geográficas (Europa, África e América Latina), entre os quais Brasil, Angola e Moçambique.