Preço do dólar no mercado de rua de Luanda segue em alta

O preço para comprar um dólar norte-americano nas ruas de Luanda manteve-se inalterado na última semana, em 420 kwanzas, valores próximos de máximos do ano, quando aumentam as restrições a este negócio ilegal.
:
  

O custo de cada dólar no mercado paralelo atingiu máximos do ano em Janeiro, nos 500 kwanzas, para rondar, após as eleições gerais de 23 de Agosto, os 370 kwanzas, enquanto a taxa de câmbio oficial, definida pelo Banco Nacional de Angola (BNA), está fixa há mais de um ano e meio nos 166 kwanzas.

Nos últimos dias têm surgido relatos de operações policiais em áreas da capital conhecidas pela venda de divisas, nomeadamente no bairro dos Mártires de Kifangondo, zona do centro de Luanda apelidada de "Wall Street dos Mártires", dada a quantidade de dólares transaccionados, normalmente à vista de todos, diariamente.

Por ali, tal como noutros bairros da capital, casos da Mutamba, Maculusso e São Paulo, praticamente todos transaccionam cada nota de dólar entre os 410 e os 420 kwanzas, conforme constatou a Lusa, praticamente sem alterações face à semana anterior.

Esta cotação, em alta, é explicada com a possibilidade de uma forte desvalorização do kwanza a curto prazo, a aproximação do período de festas e, sobretudo, o aumento da fiscalização policial às kinguilas. Só a falta de moeda nacional para completar as transacções está a travar uma subida mais acentuada, explicam.

Mais Lidas