Ver Angola

Saúde

Covid-19: Angola adquiriu 3,5 milhões de doses da vacina Sinopharm

Angola recebeu esta Segunda-feira 3,5 milhões de doses da vacina Sinopharm, provenientes da China, uma aquisição do Governo, no âmbito do combate e prevenção da covid-19, anunciou o Executivo.

:

Em declarações à imprensa, o secretário de Estado para a Área Hospitalar, Leonardo Inocêncio, disse que com este lote Angola totaliza já 8,5 milhões de doses da vacina Sinopharm proveniente da China.

Leonardo Inocêncio disse que estas vacinas são para dar continuidade à campanha de vacinação em curso no país, que tem como pretensão uma cobertura de 60 por cento da população alvo até ao final deste ano.

"Estamos no bom ritmo, mas o que queríamos era apelar à população à adesão, porque já estamos no nível de 42 por cento desta meta que nos propusemos", referiu.

O país africano lusófono registou até Domingo um total de 65.144 casos positivos de covid-19, 1733 óbitos e 63.197 recuperados, estando activos 214 casos.

A covid-19 provocou pelo menos 5.193.392 mortes em todo o mundo, entre mais de 260,44 milhões infecções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detectado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China.

Uma nova variante, a Ómicron, foi recentemente detectada na África do Sul e, segundo a Organização Mundial da Saúde, o "elevado número de mutações" pode implicar uma maior infecciosidade.

Relacionado