Ver Angola

Comércio

Associação dos Portos de Língua Portuguesa debate em Luanda desafios para o futuro

A inovação, resiliência e sustentabilidade da economia dos portos da lusofonia vão estar em debate no XII Congresso da Associação dos Portos de Língua Portuguesa (APLOP), que se realiza em Luanda esta Segunda e Terça-feira.

:

Em cima da mesa vão estar temas relacionados com desafios para o futuro dos portos dos países de língua oficial portuguesa, como a internacionalização, a inovação e digitalização ao serviço da competitividade portuária ou as questões colocadas pela descarbonização da economia, avança a organização.

O congresso da APLOP decorre na Escola Nacional de Administração e Políticas Públicas e acontece em modo presencial e também online.

O programa contempla também a realização da assembleia geral da associação.

A APLOP foi constituída em 2011 para reforçar os laços de cooperação e aumentar as trocas comerciais entre os membros, entre os quais estão os nove países da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP): Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. Macau e Marrocos integram a APLOP como membros observadores.

Segundo dados citados no 'site' da associação, a Zona Económica Exclusiva dos associados da APLOP atinge uma área de cerca de 7,2 milhões de km2, constituindo a quinta maior do mundo. A par disso, a soma da extensão de costa dos associados representa um total de cerca de 15 mil quilómetros, o que equivale a um lugar no 'ranking' dos dez países com maiores costas do mundo.