Ver Angola

Defesa

Inaugurado Centro Integrado de Segurança Pública em Benguela

Depois da capital, é a vez da província de Benguela receber um Centro Integrado de Segurança Pública (CISP). A inauguração deste centro, o segundo a ser aberto no país, aconteceu esta Segunda-feira, 9 de Novembro.

:

A inauguração do CISP - que contou com financiamento da República Popular da China, em especial através empresa chinesa CEIEC e seus parceiros - Huawei, Govec e outros - chega um ano depois de as obras do edifício terem sido concluídas. Até então o centro estava a funcionar de forma experimental, mas só esta Segunda-feira é que foi oficialmente inaugurado.

As honras foram feitas por Pedro Sebastião, ministro de Estado e chefe da Casa de Segurança do Presidente da República, em representação do Presidente, João Lourenço.

O CISP Benguela integra vários serviços (Ministério do Interior, Forças Armadas, Polícia Nacional, Protecção Civil, Bombeiros, Emergências Médicas, entre outros), permitindo assim gerir e dar uma resposta mais eficiente aos pedidos de ajuda dos cidadãos.

É composto por uma sala de comando e controlo com capacidade para 48 lugares, sala de video-vigilância, análise de dados e inteligência e conta ainda com a colaboração de mais de 300 técnicos.

Eugénio Laborinho, ministro do Interior, citado pelo Novo Jornal, admitiu que este segundo centro vai ajudar a reforçar a segurança de Benguela. Além disso, também permitirá controlar o tráfego rodoviário.

Já o delegado provincial do Ministério do Interior, comandante Aristófanes dos Santos, disse, em declarações à TPA, que este centro será "uma mais valia" e que vai ajudar a uma melhor coordenação das forças e serviços de segurança a todos os níveis.

"É uma autêntica revolução em matéria de segurança no nosso país", afirmou.

Recorde-se que, a par dos centros de Luanda e Benguela, está ainda prevista a construção de mais 16 centros, um em cada província.

Galeria

Relacionado