Banco holandês financia projectos para construção de centrais fotovoltaicas nas províncias

O Presidente da República aprovou o acordo de financiamento, de 580 milhões de dólares, com o ING Bank, banco holandês, para a expansão dos projectos de construção da central fotovoltaica em alguns municípios das províncias do leste do país.
:
  

O despacho presidencial n.º 179/19, de 23 de Outubro, a que a agência Lusa teve acesso, refere que a construção destas infra-estruturas tem o objectivo de "reduzir os custos de produção de energia eléctrica e promover o acesso à mesma, pela maior parte da população".

O acordo com o banco holandês é assinado no âmbito da estratégia do executivo, no que concerne a diversificação das fontes de financiamento para a cobertura de projectos de investimento público.

No documento, a ministra das Finanças, Vera Daves, é autorizada, com poderes de sub-delegar, a proceder à assinatura do referido acordo de financiamento e toda a documentação relacionada com o mesmo.

Em 2016, a Lusa tinha noticiado, citando um despacho presidencial, assinado pelo então Presidente da República, José Eduardo dos Santos, que aprovava um acordo de financiamento com o ING Bank, no valor de 13 milhões de euros, para a aquisição de um ferryboat, que iria assegurar as ligações entre a província de Cabinda e o resto do país.

A compra do referido navio, era justificada no documento, com a "necessidade de tornar mais célere o tempo de viagem de barco para a província de Cabinda no transporte de passageiros, carga contentorizada, viaturas pesadas e ligeiras".

Mais Lidas