Porto de Caio na ExpoTrans com olhos postos no crescimento

A Porto de Caio é uma das empresas que marcam presença na 5.ª edição da “Feira Internacional de Transportes e Logística - ExpoTrans”, que decorre entre 19 e 22 de Novembro nas instalações da FILDA, em Luanda. A feira é dedicada à comemoração dos 40 anos de independência de Angola, com atenção especial no crescimento e desenvolvimento dentro dos sectores de transporte e logística.
:
  

“A nossa participação na feira irá mostrar a fase inicial do porto de águas profundas, que quando completa, representará uma peça crucial não só ao apoio no crescimento da indústria de gás e petróleo, mas também no impulsionamento do comércio de transfronteiras criando múltiplas oportunidades de emprego para os angolanos, diversificando simultaneamente a economia local, a longo prazo”, referiu Brian Fuggle, PCA do Porto de Caio, em comunicado remetido ao VerAngola.

A Porto de Caio conta com um espaço no stand do Porto de Cabinda, no Pavilhão 1 da exibição, onde privilegia os relacionamentos com seus parceiros da indústria, investidores e visitantes destacando as perspectivas futuras do porto. Até à data, Porto do Caio alocou até 600 milhões de dólares para a construção da fase final do porto.

Enquadrado nas Celebrações do 40.º Aniversário da Independência Nacional – “Angola 40 Anos – Independência, Paz, Unidade Nacional e Desenvolvimento”, sob o lema “O Transporte Aéreo e a Logística no crescimento e Desenvolvimento de Angola”, a feira internacional ExpoTrans mostra operações, projectos e soluções do presente e do futuro na indústria de transporte e logística que contribui para tornar esta meta de crescimento nacional uma realidade. É assim parte das iniciativas do Governo para criar uma rede de transportes, que deverá articular o país e reforçar a posição estratégica de Angola.

Envolvendo profissionais e empreendedores da indústria a nível nacional e internacional, a ExpoTrans é a maior feira no sector de transporte realizada em Angola. Com uma mistura de um público dedicado e entidades do sector privado de transporte e logísticas, mais de 100 expositores de Angola, Portugal, Brasil, Zimbabué, Holanda, China, Alemanha, África do Sul e Congo participam na exposição.

Além do componente da exibição, a ExpoTrans apresenta ainda uma série de conferências envolvendo oradores seleccionados, para falar sobre o desenvolvimento estratégico e as preocupações em relação ao sector de transporte e logística de Angola, também irão propor as melhores soluções para os problemas conectados. Ao participar em tal ambiente, Porto do Caio irá trabalhar com a comunidade especializada na matéria, junto com corpos profissionais, associações de comércio e departamentos do Governo, acrescenta o documento.

A partir desta quinta-feira, várias empresas líderes do nosso país irão mostrar seus projectos na exibição, incluindo o Porto de Luanda, Lobito, Namibe, Cabinda, Porto Amboim, as ferrovias de Luanda, Benguela e Moçâmedes; e outras empresas de logística como Unicargas, TCUL e ABAMAT.

Mais Lidas