TAAG e Linhas Aéreas de Moçambique assinam acordo de partilha de passageiros

A transportadora moçambicana Linhas Aéreas de Moçambique (LAM) e a angolana TAAG assinaram um acordo comercial visando a criação de facilidades de ligação a preços acessíveis para os passageiros das duas companhias, anunciou no fim de semana o operador moçambicano.
Leandro Pompílio/TAAG:
    Leandro Pompílio/TAAG

"O acordo permite que os passageiros com origem em Maputo possam adquirir as suas passagens, viajando na LAM, para Luanda, podendo ao mesmo preço escolher entre regressar a Maputo num voo directo ou via Joanesburgo, no voo da TAAG e de Joanesburgo até Maputo no voo da LAM", diz em comunicado a companhia de bandeira moçambicana.

O entendimento, prossegue a nota, pretende igualmente garantir que um passageiro que viaja de Maputo num avião da LAM, pagando um preço único, possa voar até Luanda e a partir desta cidade fazer ligações com voos da TAAG para destinos domésticos em Angola ou para fora do território angolano.

A coberto deste acordo, os passageiros da LAM com destinos intercontinentais, nomeadamente para Europa e continente americano, bem como para destinos em África possam fazer ligações a partir de Luanda.

Por sua vez, os passageiros oriundos de Luanda poderão fazer viajar para destinos explorados pela LAM em Moçambique, acrescenta o comunicado de imprensa.

No âmbito do entendimento alcançado pelas duas companhias, a LAM poderá também oferecer voos diários para Luanda, sendo dois directos para alguns dias e os restantes via Joanesburgo, garantidos pela TAAG, sem um custo adicional para o passageiro.

Mais Lidas