Ver Angola

Sociedade

Fernanda Renée Samuel e Matheus Steita entre os 100 afrodescendentes mais influentes do mundo

A ambientalista Fernanda Renée Samuel e o escritor Matheus Steita foram reconhecidos pela ONU como 'Pessoas Mais Influentes de Descendência Africana' (MIPAD), passando a figurar a lista das 100 personalidades afrodescendentes mais influentes do mundo em 2021.

:

Citado pelo Platinaline, Matheus Steita disse estar "lisonjeado" com este reconhecimento: "Sinto lisonjeado em estar entre os 100 jovens mais influentes do mundo afrodescendentes pelo MIPAD".

"Isso demonstra que temos feito um trabalho impactante nos últimos anos e que tem inspirado jovens a sonhar e a lutar pelos sonhos. Nasci na província do Uíge e devido à guerra vim para Luanda para lutar pelos meus sonhos e hoje vejo-me nesta lista, é motivo de muita alegria e satisfação", indicou.

Disse ainda esperar que "muitos outros jovens angolanos que têm feito um trabalho incrível em prol dos outros jovens venham a ser reconhecidos nesta plataforma que une muitas personalidades do mundo".

Recorde-se que esta não é a primeira vez que angolanos são distinguidos com o MIPAD. Nas edições de 2018, 2019 e 2020, nomes como Adjany Costa, João Kanda, Adão de Almeida, Ivanilson Machado, entre outros, foram reconhecidos por este organismo.

Relacionado