Ver Angola

Economia

Remessas dos emigrantes nos PALOP sobem 9,3 por cento para 19,3 milhões de euros

As remessas dos portugueses nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP) subiram 9,3 por cento, para 19,3 milhões de euros em Agosto, enquanto as verbas enviadas pelos lusófonos em Portugal aumentaram 3,6 por cento, para 3,17 milhões, segundo dados oficiais.

:

De acordo com a actualização dos dados relativos a Agosto do Banco de Portugal, já disponível no site do regulador financeiro, os trabalhadores portugueses nos PALOP enviaram 19,38 milhões de euros, o que representa uma subida de 9,3 por cento face aos 17,7 milhões enviados em Agosto do ano passado.

Como é tradicional, os valores de Angola influenciam decisivamente a evolução dos dados sobre os PALOP, já que representam a grande maioria das remessas enviadas para Portugal.

Assim, os portugueses em Angola enviaram para Portugal 18,8 milhões de euros, representando uma subida de 10,5 por cento face aos 17,06 milhões enviados em Agosto do ano passado.

Em sentido inverso, os trabalhadores africanos lusófonos a trabalhar em Portugal enviaram 3,17 milhões de euros, o que representa uma subida de 3,6 por cento face aos 3 milhões enviados em Agosto do ano passado.

A nível global, as remessas dos emigrantes subiram 1,8 por cento para 308 milhões de euros em Agosto, de acordo com os dados do Banco de Portugal, enquanto as verbas enviadas pelos estrangeiros em Portugal subiram 7,2 por cento, para 48,2 milhões.