Ver Angola

Transportes

Secil Marítima prevê transportar 25 mil passageiros por ano entre Luanda, Soyo e Cabinda

A Secil Marítima, empresa que vai operar o ‘ferryboat’ de ligação a Cabinda pretende transportar até 25 mil passageiros por ano e mais de 50 mil toneladas de mercadoria, entre as províncias de Luanda, Zaire (Soyo) e Cabinda.

:

Segundo um comunicado da empresa, o "Cabinda", que chega esta Sexta-feira a Luanda, passará a integrar a frota existente de catamarãs da Secil Marítima e possui uma capacidade para 60 passageiros, nove contentores e 10 veículos.

O 'ferryboat', com cerca de 48 metros de comprimento e uma velocidade máxima de 20,5 milhas náuticas por hora, deverá permitir o acesso anual das províncias a 24.960 passageiros e 51.168 toneladas de produtos diversos.

A embarcação, construída pela Damen Shipyards, é transportada a bordo do navio "BBC Paraná", e tem chegada prevista a Luanda às 19h00, sendo descarregada no Sábado.

O 'ferryboat' foi encomendado pelo Governo com o intuito de assegurar a rota marítima entre Luanda e o enclave de Cabinda, nos termos de um contrato de construção e fornecimento celebrado entre o Instituto Marítimo Portuário de Angola (IMPA) e a Damen.

"O objectivo desta aquisição passa por facilitar a ligação marítima-fluvial entre Luanda, Soyo e o enclave de Cabinda, com vista a superar a descontinuidade geográfica e a melhorar as condições de vida das populações e a economia daquela parcela do território, envolvendo este trabalho em curso a construção do quebra-mar e do Terminal Marítimo de Passageiros na província de Cabinda e do Terminal Fluvial de Passageiros no Soyo, província do Zaire", salienta a nota.

De acordo com a Secil Marítima, até à conclusão das obras nos terminais de Soyo e Cabinda, este período será aproveitado para preparações técnicas da cabotagem, actividade nova para a empresa.

Relacionado