Ver Angola

Lazer

ZAP Viva aposta em documentários e promete “viagens por terras desconhecidas”

A partir de Novembro o canal ZAP Viva reforça a diversidade da sua programação com documentários de referência.

:

Todas as terças-feiras, às 21h00, o canal apresenta "Mundo de Ideias", uma série produzida na tradição dos grandes documentários BBC ou National Geographic, que dará a conhecer fenómenos científicos como a aurora boreal, mostrar como são produzidos os mais variados produtos, sejam eles chocolates ou motas ou como se formam atletas de elite. Os temas vão da ciência à cultura, e todos podem encontrar um motivo de interesse a cada episódio.

A integração de documentários na grelha do ZAP Viva visa contribuir para a construção e divulgação do conhecimento. O objectivo é apresentar novas formas de ver o mundo e incentivar o diálogo sobre diferentes experiências, refere a operadora de televisão em comunicado remetido ao VerAngola.

Para celebrar o mês da independência, as Quartas-feiras de Novembro apresentam o trabalho do realizador Jorge António em três documentários que retratam a herança cultural angolana: "O lendário tio Liceu e os Ngola Ritmos" (4 de Novembro), "Angola-Histórias da Música Popular" (11 de Novembro) e "Kuduro-Fogo no Musseke" (18 de Novembro), todos às 21h00.

A 25 de Novembro, o canal convida a assistir a "Somos Racistas?", um documentário internacional que desafia a uma reflexão sobre a discriminação social sob um outro prisma, uma vez que o tema é explorado com base em pesquisas científicas e antropológicas.

No mês da dipanda, o conhecimento ocupará assim lugar de destaque no ZAP Viva com viagens por terras desconhecidas, outras culturas e histórias daqueles que deram o seu grande contributo para construir a identidade da nação angolana.