Ver Angola

Cultura

‘#UsaMascara’, a exposição colectiva que pretende assinalar os tempos de pandemia

Para assinalar os tempos de pandemia que vivemos, o Centro Cultural Português em Luanda inaugurou, esta Quinta-feira, a exposição colectiva ‘#UsaMascara’. Composta por 33 obras, realizadas por 30 artistas angolanos, esta exposição pretende abordar a “prevenção e o combate à pandemia da covid-19 em Angola”.

:

"A exposição é resultado de uma iniciativa do ELA - Espaço Luanda Arte (ELA) e da revista 40.ena!, que em Março de 2020 convidaram os artistas plásticos angolanos, de Cabinda ao Cunene, a participarem num novo Projecto Nacional das Artes intitulado '#UsaMascara'", revelou o Camões em comunicado remetido ao VerAngola.

A iniciativa conta ainda com o apoio do Camões para exibir as obras e com "a parceria do BFA – Banco de Fomento Angola, na atribuição de prémios".

O documento revela ainda que "durante cinco meses, até Agosto de 2020, e através das redes sociais, artistas de todo o país, sem restrições de idade ou experiência, foram incentivados a produzir obras inspiradas no momento que vivemos de prevenção e de combate ao novo coronavírus, destacando em especial a utilização da máscara".

Para a realização das obras era possível utilizar qualquer tipo de técnica, como por exemplo a pintura, desenho, fotografia, material reciclado, pano africano, vídeo, entre outros.

No total, foram submetidas 62 obras por parte de 57 artistas, tendo um júri composto elementos do ELA, da 40.ena! e do Camões seleccionado 33 obras.

"As escolhas do júri tiveram por base critérios de técnica, composição, conteúdo e narrativa ou mensagem", avança a nota.

Além disso, o júri também decidiu atribuir cinco prémios:

- Prémio Camões #UsaMascara (organização de uma exposição individual em 2021) a Jardel Selele;

- Prémio ELA - Espaço Luanda Arte (organização de uma exposição individual em 2021) a Andreia Maia;

- Prémio BFA #UsaMascara (500.000 kwanzas numa conta BFA para apoiar o trabalho artístico do seleccionado) a Rómulo Rosa;

- Prémio BFA #UsaMascara (500.000 kwanzas numa conta BFA para apoiar o trabalho artístico do seleccionado) a Pemba;

- Prémio 40.Ena (produção de trabalho editorial sobre a obra do artista) a Fran dos Santos.

A exposição vai estar disponível até dia 20 de Novembro. Pode ser visitada entre as 09h00 e as 12h00 e as 14h00 e as 16h00, sendo as visitas presenciais limitadas a cinco pessoas por hora.

Os interessados devem marcar previamente a sua visita através de um e-mail (icamoes.ccluanda@gmail.com) ou chamada telefónica (938141858).