Ver Angola

Banca e Seguros

Asseco patrocina fórum sobre disrupção digital e o novo paradigma de gestão

A Asseco PST, líder em soluções tecnológicas para o sector bancário, patrocina e participa esta sexta-feira, 30 de Outubro, em mais um fórum sobre o novo paradigma de gestão na era da disrupção digital.

: Daniel Araújo, CEO da Asseco PST
Daniel Araújo, CEO da Asseco PST  

O evento, organizado pela PSO e marcado para uma das unidades hoteleiras de Luanda, reúne um conjunto alargado de especialistas que debaterão a transformação digital em curso nos vários sectores da economia, com um foco especial no novo modelo de negócio bancário.

A conferência, que decorre num modelo híbrido (presencial e virtual) face à situação sanitária criada pela pandemia da covid-19, conta com a presença do secretário de Estado para as Telecomunicações e Tecnologias de Informação, Mário Augusto da Silva Oliveira, na sessão de abertura, e do administrador do Banco Nacional de Angola, Pedro Castro e Silva, na sessão de encerramento.

O CEO da Asseco PST, Daniel Araújo, intervém igualmente no início do fórum, com uma apresentação centrada no tema "O novo paradigma de negócios na era da disrupção tecnológica que o sector financeiro enfrenta". O responsável da empresa recorda que os bancos angolanos estão em transformação acelerada, com o desenvolvimento de uma cultura digital que tem permitido o advento de soluções tecnológicas cada vez mais inovadoras. "Estas soluções estão a alterar e a melhorar a forma como as instituições financeiras se relacionam com os seus clientes e as mudanças tenderão a acentuar-se", diz Daniel Araújo, em comunicado remetido ao VerAngola.

A actual pandemia está também a influenciar os planos de execução no sector financeiro, tal como acontece noutras áreas da economia. "Os programas de transformação digital na banca, que tinham um prazo de execução estimado para vários anos, passaram a ter o objectivo de serem concretizados em meses", explica Daniel Araújo. O melhor exemplo das mudanças em curso é o facto de os canais digitais, como o mobile banking ou  Internet banking, estarem a transformar-se gradualmente de canais complementares em meios preferenciais de contacto com os bancos para a realização de operações financeiras.

Numa sociedade cada vez mais digitalizada, as questões relacionadas com a segurança electrónica estão igualmente no centro das preocupações dos utilizadores das tecnologias de informação e das empresas. Neste quadro, o sector bancário é uma área particularmente sensível a questões de cibersegurança, tendo em conta a necessidade de proteger computadores, servidores, redes e dados contra ataques maliciosos.

"Desafios de Cibersegurança e as suas implicações na Era da Disrupção Tecnológica" é justamente o tema do primeiro painel do fórum. A Asseco PST estará presente com o responsável da área de Infraestruturas e Segurança, Gonçalo Heleno, que integra um painel de cinco especialistas em cibersegurança e protecção de dados.

Apesar das limitações colocadas pela actual pandemia, a Asseco PST tem marcado presença em vários eventos digitais e continuará a fazê-lo até ao final do ano. Há 15 dias, esteve presente no Angola Innovation Summit que contou com a presença de 20 oradores de sete países. Numa intervenção conduzida pelo administrador Miguel Lúcio, em parceria com o co-fundador da InnovationCast.com, Leonardo Varella-Cid, a empresa apresentou um showcase que designou por "Inovação no DNA Empresarial". Na sua base está o repensar do processo de inovação no seio de uma organização, sustentado numa plataforma digital.

No final de Novembro, a empresa estará também presente no Data Science Summit Angola, naquele que pretende ser o maior encontro de especialistas de dados. "O Presente e o Futuro de Dados e Analytics em Angola" é o tema principal da primeira edição digital deste evento que reunirá oradores de oito países da África, América e Europa para debater como implementar tecnologias inovadoras para a gestão de dados das organizações.

Presente em oito mercados e três continentes, a Asseco PST tem no seu portfólio de clientes mais de 60 bancos, o que faz dela uma empresa de referência nos espaços lusófonos onde actua. Com mais de 30 anos de experiência, e presença em Angola desde 1990 (altura em que nasceu o primeiro banco comercial), integra desde 2015 a multinacional Asseco Group, um dos maiores fornecedores europeus de software, cotado internacionalmente nas Bolsas de Varsóvia, Nova Iorque e Tel Aviv.

Com uma equipa superior a 400 colaboradores nas várias geografias onde está implantada, a Asseco PST tem a sua actividade repartida por quatro grandes áreas de negócio: Software, Banking Consulting, Technology e Digital.